Sofro de urgências, não gosto de esperar.

Clarice Lispector. (via prestigiador)

Uma hora tudo desaba. Não dá pra aguentar o tempo todo.

Poesografias. (via sexledss)

Até nas flores se encontra a diferença da sorte: umas enfeitam a vida, outras enfeitam a morte.

Provérbio Português.  (via inconsumada)

Há sempre coisas queimando, rasgando você. Mulheres. Homens. Amigos. Tudo.

Charles Bukowski.     (via calmanaminhaalma)

Nem sempre faço o certo, sei disso. Tenho as minhas neuras, loucuras, tosquices, animalices, ironias, tolices, surtos imaginativos fantasiosos perturbadores. Mas eu sinto, sabe? Sinto muito as coisas. Tudo, todos. Mesmo que eu tente esconder, mesmo que eu tente não me mostrar. Mesmo que eu disfarce. Eu sinto tudo demais. E é por isso que às vezes as coisas doem tanto.

Clarissa Corrêa   (via calmanaminhaalma)

Não adianta desperdiçar sofrimento por quem não merece. É como escrever poemas no papel higiênico e limpar o cu com os sentimentos mais nobres.

Cazuza.   (via calmanaminhaalma)

Dorme. O sono também salva, ou adia.

Caio Fernando Abreu.  (via de-sconsolado)

—Desisto de você.
—Todo mundo desiste.

Orquestre  (via preliminado)

r-ealove